Você está em: Notícias Gospel // Ex-companheiros de Rodolfo Abrantes nos Raimundos criticam testemunho do cantor: “Hipócrita”

Ex-companheiros de Rodolfo Abrantes nos Raimundos criticam testemunho do cantor: “Hipócrita”

raimundosO cantor Rodolfo Abrantes tem percorrido igrejas do Brasil com seu testemunho e atraído também muitas críticas de seus ex-companheiros de Raimundos. As recentes declarações em que se diz “100% arrependido” por compor as músicas de sua antiga banda foram classificadas como “hipócritas”.

Canisso, baixista do Raimundos, afirmou à revista Trip que Rodolfo se permite ir a algumas igrejas sem cobrar para dar seu testemunho porque ainda recebe pelos direitos autorais das músicas que ele compôs para a banda: “A pergunta que não quer calar: Arrependido? E a grana das músicas, porque aceita? Hipócrita, aceita a grana e ainda fala mal? […] Sabe por que ele aceita? Porque se fosse depender dos trampos dele depois do Raimundos ele ia passar fome”, disparou.

Já Digão, guitarrista da banda, usou sua página no Facebook para criticar as declarações de Rodolfo que responsabilizam o tempo em que esteve à frente dos vocais dos Raimundos por seu envolvimento com drogas e decadência pessoal.

“’100% arrependido’ mas usufruindo 100% da sua parte dos direitos autorais, e que não é uma ‘merreca’ que ele gosta de falar para os desinformados… Se ele pode se dar ao luxo de sair de casa pra ‘trabalhar’ e não receber nada, quem banca isso? O Raimundos é claro, a sua eterna previdência privada, assim como o chamariz de seus testemunhos ‘Eterno Ex-Raimundos’.

Sem contar o fato dele não ter respeitado os nossos direitos quando saiu da banda, o que me cansa é essa insistência em associar o Raimundos às coisas ruins e o seu uso de pó e outras drogas pesadas em sua vida! Amparado pela verdade, e Deus é minha testemunha, isso foi fora do Raimundos com as ‘nega’ dele! Muito me admirei quando vi suas declarações, pois nunca tinha visto isso dentro da banda!

Dizer que estava com ‘câncer’ e se curou na fé é no mínimo charlatanismo, pois ele nunca fez um exame para provar tal enfermidade, mas alegou que ‘se conhecia’… Se pelo menos fosse formado em medicina, mas nem o 2º Grau terminou… Eu, nesses 13 anos, reconstruí minha vida honestamente, com muito suor e amigos de verdade! Não o fiz desmerecendo o trabalho dele como ele tem feito até hoje com o nosso…

Infelizmente tive que interromper um pouquinho a nossa bela e gloriosa escalada pra deixar essa história em pratos limpos… Espero que o verdadeiro Deus possa tocar o coração dele e abrir seus olhos, não pra voltar pro Raimundos, mas pra ser uma pessoa do bem de verdade…. Sem mais”, criticou Digão.

Share Button