Você está em: E-Mails Respondidos // E-Mails Respondidos: Médium pede ajuda para libertar-se de demônios

E-Mails Respondidos: Médium pede ajuda para libertar-se de demônios

  Eu no começo não aceitava este dom e era relutante com relação a isto, mas agora entendo o por que tenho ele e em minha casa em … tem uma entidade demoníaca que me quer, porém não estou preparado para enfrenta-la pois antes tenho que saber como a expulsarei de lá.

 

Aguardo um retorno o mais breve possível. Responda-me como posso aumentar esta força que tenho e desenvolve-lo mais rapidamente?

RESPOSTA do Pr. Airton Evangelista da Costa: www.palavradaverdade.com

Eis a análise que faço do seu problema e respectiva orientação à luz da Bíblia Sagrada, a Palavra de Deus.

 

O seu “DOM”

 

Você se apega ao seu “dom” de receber espíritos como algo importante em sua vida. Os dons que reconhecemos como úteis à nossa vida e à igreja são os “dons espirituais” e “eclesiásticos”. Os “espirituais” estão descritos em 1 Co 12, e são dados pelo Espírito Santo a cada um para o que for útil: palavra de sabedoria, palavra da ciência, fé, dons de curar, operação de maravilhas, profecia, discernimento de espíritos, variedade e interpretação de línguas. Os dons eclesiásticos estão relatados em outros livros da Bíblia (pastor, evangelista, etc.).

 

   Não existe na Bíblia o dom da mediunidade, isto é, a capacidade de receber, acolher e ser usado por espíritos. A prática mediúnica não faz parte da doutrina cristã.

 

   Se você consultar uma pessoa ou grupo religioso que aprova a mediunidade, ouvirá o conselho para continuar desenvolvendo seu “dom”. Dirão que com o passar dos anos você conseguirá o tão almejado poder para evitar a intromissão dos maus espíritos. Você pratica a mediunidade há cerca de vinte anos ou mais e ainda não adquiriu capacidade capaz de evitar os ataques.

 

   Talvez você esteja a meditar na utilidade desse “dom” para a sua vida e a vida das pessoas. Você tem paz suficiente? Se você acredita em salvação, isto é, na possibilidade de morar no céu após a morte, esse “dom” é um caminho seguro? O seu “dom” o protege nas investidas dos demônios? Você se sente espiritualmente seguro e em paz? A resposta é não, segundo seu depoimento.

 

  Enviei-lhe testemunhos de ex-praticantes da mediunidade. Você viu que esse “dom” poderá levar uma pessoa à loucura; que ex-médiuns se sentiram bem melhor depois que largaram essa prática e aceitaram Jesus como único Senhor e exclusivo Salvador. Talvez seja o caso de você entrar em contato com um desses ex-médiuns.

 

   Batalha espiritual Leia o que diz a Bíblia: “Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo. Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue [contra pessoas], mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. Portanto, tomai TODA a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes” (Efésios 6.10-18). Em seguida, a Bíblia diz que espécie de armadura é essa: evangelho, verdade, salvação, fé, Palavra, oração.

 

   Você está sem a “armadura de Deus”. Por isso, é vítima das “astutas ciladas do diabo”. O poder para esse enfrentamento está em JESUS. Leia o que Ele disse: “Em meu nome, expulsarão demônios” (Mc 16.17). Precisa usar o nome dEle, estar com Ele, crê nEle e, em razão disso, ser filho de Deus. Uma pessoa nestas condições não é atacada por demônios. Leia:

 

   “Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não peca… e o maligno [o diabo] não lhe toca” (1 Jo 5.18). O que fazer para ser filho de Deus: “Todos quantos o receberam [receberam Jesus] deu-lhes o poder [fazem jus á condição] de serem feitos [serem adotados] filhos de Deus, aos que crêem no seu nome” (Jo 1.12).

 

   Quando uma pessoa passa a ser filho de Deus, mediante a aceitação de Jesus como Senhor e Salvador (v. Romanos 10.9), recebe o Espírito Santo (2 Co 6.16, 19). Tanto faz ser templo do Espírito quanto ser templo de Deus. Por esta razão, o diabo não pode tomar posse do templo onde Deus habita, isto é, do nosso corpo.

 

   Decisão – Quanto mais você oferecer resistência aos demônios, mais eles ficarão enfurecidos e desejarão destruir sua vida e tirar a sua paz. Não há como aumentar o seu poder. Você precisa do poder de Deus. Jesus é o que liberta os cativos, os oprimidos pelo diabo. O chamado dele é este: “Vinde a mim todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei” (Mt 11.28).

 

   Não há como você discernir entre os maus e os bons espíritos. Avalio que todos os espíritos que você tem recebido são enganadores e maus. Se os bons fossem realmente enviados por Deus, não permitiriam a opressão dos maus. Na minha avaliação, eles enganaram você por todo esse tempo. Agora, querem tomar posse de forma mansa e pacífica de sua vida. É a fase da possessão. Quando você entra em transe, eles se apresentam.

 

   A invocação de espíritos mediante a prática mediúnica é condenada por Deus e nunca foi praticada pelos cristãos. Não há um só caso na Bíblia. Faça uma avaliação e veja que o seu “dom” tem sido prejudicial. Em vez de melhorar sua vida, tem piorado. Por estas e outras, os demônios, como você afirma, fizeram morada em sua casa. Você não terá nenhuma força capaz de tirá-los de lá. Eles sairão de você e de sua casa somente depois que você se tornar filho de Deus, morada do Espírito Santo.

 

   Aconselho-o a (1) freqüentar uma igreja evangélica, pentecostal, com experiência na área de libertação, para receber orações e aconselhamento; (2) entregar a sua vida as cuidados de Jesus, aceitando-O como Senhor e Salvador; (3) renunciar ao seu “dom” e se arrepender dos seus pecados e tudo quanto fez a serviço desses espíritos; (4) e continuar firme nesse propósito até vitória final.

 

   Avalio que a batalha poderá demorar algum tempo. Os demônios farão tudo para não perder você. É possível que você seja ameaçado de morte; que invistam contra você com muita fúria; que ameacem membros de sua família, mas você não deve recuar. Você não me falou, mas é provável que sofra de algum tipo de enfermidade que lhe atormenta de há muito. Talvez em vão tenha recorrido aos espíritos. Talvez eles tenham curado você e logo em seguida novas doenças tenham surgido. Apenas presumo que isso tenha acontecido, em face dos depoimentos que conheço. É impossível haver paz na casa de sua propriedade, onde habitam demônios.

 

  Finalmente, avalio que os demônios não deixarão você facilmente. Continuarão lutando por algum tempo para não perder o escravo. O escravo é você. Avalio também que os problemas crescerão a partir do exato momento em que você pensar em renunciar ao dom e se libertar das garras dos espíritos. Ficarei à sua disposição para novos esclarecimentos. Um abraço.

 

Share Button

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,