Você está em: Artigos, Colunistas, Luiz Soper // Valorização Feminina – Parte 1

Valorização Feminina – Parte 1

valor fem imagem site

 

Esta é uma série de 3 artigos, o link para a segunda parte estará no final deste artigo.

Em muitos lugares por onde eu passo, vejo cenas deploráveis de uma sociedade que não percebe que caminha para sua destruição, sua desvalorização e sua total falta de moral. É com muita tristeza que escrevo estas palavras. Realmente, Deus precisará acabar com esse mundo e recomeçar tudo de novo. As vezes me pergunto: “Onde fica o botão do reset desse mundo?”

Neste texto, falarei um pouco sobre a valorização feminina ou a desvalorização feminina, em outro texto falarei sobre o mesmo tema, mas sobre o público masculino. Bom, valor não é preço. Valor tem muito mais “peso” do que o preço. O preço representa a quantidade de algo (dinheiro ou objetos) que alguém precisa ofertar para poder obter algo. Exemplo simples disso: quantos reais precisamos para comprar um carro? Mas quando falamos em valor, estamos falando de algo muito maior e mais profundo. Por exemplo, qual será o valor que agregará em sua vida um carro? Momentos de ir e de vir talvez com amigos, talvez a só, mas sentindo o prazer da liberdade de ir e vir quando quer, onde quer. Essa liberdade não tem preço, por isso representa um valor em sua vida.

Nós seres humanos, homens e mulheres, infelizmente nesse mundo atual, estamos deixando o nosso valor de lado e passamos a ter preço. Nesse texto específico vou focar nas mulheres. E para continuar esse artigo farei duas perguntas das quais apenas gostaria que você mulher, pare e pense sobre elas. Não se ofenda, até porque eu não estou acusando ninguém, estou apenas perguntando sobre o assunto.

Vamos lá, primeira pergunta: – Quais são seus valores atuais? Gostaria que você pensasse por 3 minutos sobre seus valores antes de ir para a próxima pergunta. Peça neste momento que Deus te ajude a refletir de forma simples mas profunda. Além disso, também pense sobre o quanto você vale para Deus.

Agora que você já refletiu sobre valor, eu lanço a segunda pergunta: – Qual é seu preço atual? Gostaria que você pensasse por 3 minutos sobre preço antes de ir para a próxima parte do texto. Peça neste momento que Deus te ajude a refletir de forma simples mas profunda. Além disso, também pense sobre o que é capaz de “comprar” você.

Esse assunto normalmente gera um pouco de polêmica até mesmo entre crentes. Mas vamos lá, só pra lembrar que usei o termo crentes e não Cristãos. Existe uma linguagem reconhecida cientificamente no mundo chamada de “linguagem corporal”. Cientistas, psicólogos e psiquiatras utilizam essa linguagem, quando precisam, para entender certas atitudes, respostas e até mesmo descobrir algo necessário sobre uma pessoa, quando ela não diz, esconde ou mente. Inclusive já criaram seriados que utilizam essa linguagem como o Lie to Me (minta para mim) em canal pago. Ok, mas o que tudo isso tem a ver com o assunto de hoje? Tudo. A linguagem corporal fala mais de nós do que o que nós mesmos falamos e ainda antes mesmo de falarmos algo. Sabe aquela frase famosa de que “a não fui com a cara do fulano”, “a primeira impressão é a que fica”, isso é verdade, ocorre de fato. A linguagem corporal esteve em ação antes mesmo de conhecermos a pessoa de quem falamos ou tivemos estas impressões.

Sendo assim, nesta linguagem corporal, passamos para quem nos vê, que nos conhece ou não, uma mensagem seja pela nossa imagem ou pelos nossos gestos. Então agora você vai entender onde tudo isso se encaixa no contexto. Como você se veste? Como você fala? O que você fala? Como você se comporta? O que você faz aos outros? Quem você “se” diz que é para os outros? Uma das artimanhas mais fascinantes de nós, seres humanos, é de mentir na cara de outro ser humano, mas não falo naquelas mentiras horrorosas de exímios mentirosos, as vezes é um simples fato de dizermos ou querermos ser o que não somos.

 

 

Bom, seguindo. Nossa forma de se vestir, nossa fala, nosso gestual, nossas expressões faciais enfim, tudo fala de nós antes de nós mesmos falarmos. Então, quando falamos de valores estamos falando disso tudo. Que valor você transmite para as pessoas? Nós, Cristãos, aprendemos que não devemos julgar os outros, porém devemos ter zelo conosco para que possamos evitar de passar uma imagem errada a nosso respeito. Pois querendo ou não, julgaremos e seremos julgados em muitos momentos da vida. Por exemplo: vestes inadequadas para se ir a igreja ou até mesmo em público, isso certamente atrairá olhares e julgamentos desnecessários e até mesmo equivocados.

Você entra em uma academia de musculação, conhece o profissional que será o seu instrutor, ele é “fofinho” ou um pouco mais que “fofinho”, apesar dele poder ser formado em educação física e estar totalmente apto a te treinar, você vai pensar de que forma sobre ele ser um instrutor de musculação?

Da mesma forma te convido a refletir sobre isso em nossas vidas: Que informações você passa nas suas vestes? No seu corpo? No seu gestual? Na sua fala? Na sua atitude?

Mulheres, vocês são criaturas divinas, criadas por Deus para serem bênção na vida dos homens, para ser uma ajudadora, uma mulher virtuosa, vocês foram criadas para ser companheiras da maior criação de Deus, o homem. Vocês mulheres lindas e cheirosas, cada uma com sua beleza individual e seus valores individuais, foram criadas para serem amadas, cuidadas, protegidas, admiradas mas tudo isso dentro dos valores de respeito, carinho, amor, com ternura e princípios respeitosos. Mulheres, vocês foram criadas para dar mais graça ao mundo, para trazer uma forma de amor suprema que só vocês mulheres podiam ter, Deus escolheu vocês para gerar vidas, claro com a nossa participação, mas o fato é que o início do ciclo mais lindo da vida, vem de vocês mulheres.

Então, convido a você mulher que está me prestigiando com a leitura deste meu artigo, a refletir por uns instantes mais, sobre tudo isso que eu comentei acima. Você consegue entender o valor de sua vida não somente para Deus mas também para outras vidas? Você consegue entender que você não é apenas “uma mulher” mas sim uma vida criada em um momento inspirado de Deus o Criador de todas as coisas? Você consegue entender que você não é um objeto, tampouco uma mercadoria?

Tendo em vista que você refletiu e já tinha a tamanha noção de todo esse valor que você tem, agora tenho outra pergunta a lhe fazer: Você se veste, fala, pensa, gesticula, age, como uma mulher de tamanho valor? Ou representa mesmo que seja sem querer ou equivocadamente uma mensagem contrária a tudo isso?

Jesus Cristo te ama mais que tudo, e a Bíblia nos diz que devemos se achegar a Ele como estamos, mas além disso, o próximo ponto que a Bíblia também nos ensina, é que mais do que se achegar a Cristo com estamos, é deixar Ele nos transformar. Então, sinta a transformação de Cristo em sua vida, permita-se ser alguém de valor e esqueça todo e qualquer preço que a vida te comprava.

Jesus Cristo te ama mais do que qualquer outra coisa nesse mundo, Ele não teria dado sua vida por ti, se isso não fosse verdade.

Grande abraço…

Luiz Soper.

Parte 2

Cabeçalho True Lives 600px

Share Button


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/admin/domains/palavradaverdade.net/public_html/site/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273